Projeto de Educação Empreendedora da FTC é aprovado pelo Sebrae

Criado em Segunda, 10 Julho 2017 12:44
Última atualização em Segunda, 10 Julho 2017 13:27

Em uma definição objetiva, empreender significa implementar novos negócios ou promover mudanças que envolvem inovação e riscos. E é esse conceito que vai nortear a disciplina Empreendedorismo, que será disponibilizada gratuitamente pela FTC Feira, já a partir desse semestre, para estudantes de todas as áreas do conhecimento. A iniciativa faz parte do projeto aprovado para o Programa Nacional de Educação Empreendedora, do Sebrae.

O primeiro passo para execução do projeto, que terá um ano e meio de duração e abrangerá outras ações, é a capacitação de uma equipe multidisciplinar de professores, realizada por consultores do Sebrae feita do dia 4 a 7 de julho. O trabalho é coordenado pelo professor Fabrício Oliveira, coordenador do curso de Sistemas de Informação. Segundo ele, caberá à equipe “fazer o projeto acontecer”.

O curso para a equipe multidisciplinar foi dividido em quatro módulos, contemplando as linhas principais da proposta: O empreendedor: Empreendedorismo e Características do Comportamento Empreendedor; O empreendedor e as oportunidades: Análise do mercado e identificação de oportunidades; Modelo de Negócios – Simulação de um Modelo de Negócios com vistas a sua viabilização; e Plano de Negócios – Passo a passo para a realização de um Plano de Negócios.
Este será, também, o conteúdo da disciplina, que de acordo com o coordenador, professor Fabrício Oliveira, será disponibilizada de imediato.

Ele lembra que o objetivo da iniciativa é ampliar, promover e disseminar a educação empreendedora nas instituições de ensino, por meio da oferta de conteúdo de empreendedorismo e inovação nos currículos. “A disciplina terá 80 horas e poderá ser cursada por estudantes de todos os cursos da Instituição”, diz.

De acordo com Fabrício Oliveira, está prevista a viabilização de outras iniciativas na Faculdade, a exemplo do Projeto de Extensão Social, o Papo de Startup, e o Bootcamp. Esta última prevê a reunião de um grupo durante três dias seguidos, que no final deverá apresentar um produto criado no período. “Tudo isso será feito gradativamente, ao longo de um ano e meio, sempre com o acompanhamento da equipe multidisciplinar”, explica o professor.

O diretor de Operações da Rede FTC, professor Cristiano Lôbo, destaca a importância da Instituição atuar junto com o Sebrae em projetos de empreendedorismo. “Estamos sempre abertos a iniciativas que tragam inovação para os currículos e possibilitem a construção do conhecimento no âmbito das Metodologias Ativas”, afirma, ressaltando que dos 18 projetos apresentados, dois foram da Rede FTC, das Unidades de Feira de Santana e Itabuna.

Rede FTC Todos os direitos reservados
.