Variedade e inovação marcam a VIII Feira de Empreendedores da FTC

Criado em Quarta, 16 Novembro 2016 12:37
Última atualização em Quinta, 17 Novembro 2016 16:21

Quem visitou a VIII Feira de Empreendedores da FTC Feira, realizada entre os dias 9 e 11 deste mês, vivenciou o que há de mais inovador e criativo no mundo dos negócios. O caldo jurídico, a pizza terapêutica ou o brigadeiro na bicicleta, jogos, artigos artesanais, karaokê e até um touro mecânico atraíram a atenção do público, que superou a expectativa dos organizadores e expositores. Pelo menos cinco mil pessoas passaram pelo campus durante os três dias do evento.

Foram 56 estandes com os mais variados tipos de produtos e serviços oferecidos por grandes empresas e novos empreendedores, especialmente alunos da Instituição. A feira envolveu vários cursos e teve o apoio do Colegiado de Administração, justamente com o objetivo de “despertar no estudante o espírito empreendedor, mostrando na prática como fazer”, conforme frisou o professor André Magalhães, idealizador e organizador da mostra.

O sucesso foi comemorado também pela coordenadora do curso de Administração, professora Jucicleide Nascimento que destacou principalmente o empenho dos participantes, bem como o interesse de alunos de outras instituições de ensino e egressos da Faculdade. Ela citou ainda a presença de professores e estudantes de cursos técnicos e do ensino regular de Feira de Santana e cidades da região, a exemplo do Centro de Educação Técnica João Campos, de Riachão do Jacuípe, e da Escola Municipal João Marinho Falcão.

Para os estudantes, a experiência superou todas as expectativas. “Lançamos a ideia e vimos que pode dar muito certo”, comemorou Wendel Barbosa da Costa, do 1º semestre de Administração, que investiu em um projeto de jogos variados, juntamente com 36 colegas de turma.
Veteranos no curso de Direito, mas calouros em empreendedorismo, Tiago Porcino de Santana e mais 14 colegas apresentaram o Caldo Jurídico e o que seria apenas um meio de angariar fundos para a formatura pode virar negócio. “É uma ideia”, diz ele.

Já Olívia Magalhães, do 3º semestre de Psicologia, levou para o evento a sua experiência de vida. Ela deixou o emprego fixo na própria Instituição para montar a empresa Congelados da Moça. “A feira é uma grande ação de marketing para meu trabalho”, definiu a estudante, que usa as mídias sociais para divulgar os produtos. Mayele Brandão e Ana Paula da Silva Oliveira, do 8º semestre do mesmo curso, também não podem se queixar do sucesso da Pizza Terapêutica.

Também ganharam destaque os doces vendidos na bicicleta pelo grupo de Bruna Raquel Soares, do 1º semestre do curso de Administração. É a CandyBikeFood, prática bastante conhecida em outras cidades e que foi criada especialmente para a Feira de Empreendedores. E a Tourolândia foi uma atração à parte. Unindo trabalho e diversão, os estudantes brincaram de fazer negócio e deu certo. Eles contaram até com a participação da Empresa de Bombeiro Civil, sob o comando de Osmar Carvalho.

A feira teve espaço também para a solidariedade. Em um estande estrategicamente localizado na entrada da faculdade, os integrantes do grupo ADMsDoadores arrecadaram alimentos e material de higiene para a Associação de Pessoas Portadoras de Câncer (AAPC). Tancredo Carneiro e mais duas amigas viram nessa ação, que realizam há algum tempo, uma forma de retribuir o sucesso profissional. “É uma espécie de corrente do bem”, resumiu.

Rede FTC Todos os direitos reservados
.