Professor Doutor da Universidade de Havana participa de 2ª oficina de Inovação Curricular da Rede FTC

Criado em Segunda, 26 Outubro 2015 14:16
Última atualização em Terça, 27 Outubro 2015 14:10

Foi concluída neste domingo (25), a 2ª Oficina de Inovação Curricular da Rede FTC “Currículo por Competências: Diretrizes, Objetivos e Estruturação” com coordenadores de curso das Unidades da Faculdade de Tecnologia e Ciências e Faculdade da Cidade do Salvador.

Docentes dos cursos de Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia e Psicologia das seis Unidades de Ensino estiveram reunidos desde o dia 21 de outubro no Bahiamar Hotel, no Jardim de Alah, com o objetivo de dar sequência ao processo de planejamento curricular baseado em competências que faz parte do Projeto de Inovação Acadêmica da Rede FTC.



Durante os cinco dias do evento os participantes puderam contar com a orientação dos facilitadores, a professora doutora, Letícia Sampaio Suñé, integrante do Núcleo de Qualidade Acadêmica da Rede FTC e o convidado Roberto de Armas Urquiza, professor doutor da Universidade de Havana que possui experiência de 50 anos no Ensino Superior.

De acordo com o professor Roberto de Armas o programa de Inovação Curricular tem como objetivo melhorar o desenvolvimento do aprendizado do estudante.

"A inovação curricular confere ao aluno uma formação que o prepara para a vida, no qual se forme um cidadão com pleno domínio da sua profissão. O professor atua como mediador do processo de ensino aprendizagem, criando caminhos para que o aluno integre e aplique os conhecimentos em situações reais ou simuladas".

Segundo Roberto de Armas, o desenho curricular deve estar fundamentado na sistematicidade e na integração para que ocorra a formação do pensamento complexo e o consequente desenvolvimento de competências pelos alunos.

“É preciso buscar inovações para a construção da Universidade do século 21. A mudança na formação acadêmica passa primeiramente pela inovação curricular que demanda a capacitação docente para implementar a interdisciplinaridade com o objetivo de estimular a transformação pedagógica em coletividade com o objetivo de alcançar os indicadores de qualidade desejados e o desenvolvimento social no mercado".

De acordo com a professora Letícia Suñé o objetivo deste projeto é sair do método tradicional de ensino e criar um novo método onde a gente possa formar os estudantes para a vida, com capacidade para enfrentar problemas da vida como um todo. Tanto profissionais, quanto pessoais.

"Isso é feito por meio da mudança na forma da matriz curricular. Na adoção de bases / diretrizes pedagógicas que ajudem o aluno a ter sistematicidade e interdisciplinaridade, ou seja, integração. Sem a integração não há desenvolvimento de competências".

Resposta positiva

"O projeto é importante porque a gente parte do pressuposto que utilizaremos uma nova metodologia de trabalho ou seja quais as competências vamos desenvolver para que ao final do curso o aluno seja o 'profissional ideal' para o mercado de trabalho. Outro ponto muito importante é trabalhar a interdisciplinaridade, saber trabalhar em grupo, desenvolver a capacidade de comunicação e a capacidade escrita. Com essa nova realidade, vamos agregar valores. Passamos a trabalhar com o indivíduo, com a família e com a comunidade nos diversos cenários. O curso propicia mudanças de postura no professor. A FTC aposta na inovação e eu acredito na proposta. É um projeto desafiante e inovador".
Hayana Barbosa
Coordenadora do curso de Enfermagem da FTC Feira

"Essa proposta tem uma coisa importante que é trazer uma integração para o conteúdo. Integrar conteúdo e prática, que facilita e faz com que o aluno se interesse mais pelo curso, aprendendo não só com a leitura, mas também com a prática, desde o primeiro semestre. Isso faz com que ele se dedique mais ao curso, à sua formação e também saiba se é este caminho mesmo que deseja seguir. O aluno recebe no início do semestre um projeto ou tema para trabalhar no qual ele necessita integrar todas as disciplinas ao mesmo tempo, na prática. Isso ajuda o aprendizado do aluno. Ele vê a aplicabilidade do que foi lido e passa a reconhecer a finalidade de cada coisa que está estudando".

Francisco Pacheco
Coordenador do curso de Farmácia FTC Salvador

"Inovação é sempre bem-vinda, em qualquer âmbito, sobretudo na Educação. Ainda mais agora em que ela está tão pouco valorizada. A iniciativa é muito valorosa para professores, alunos e sociedade em geral. Todos saem ganhando. Existe o desafio de educar uma nova geração e nada melhor do que novas tecnologias, novas metodologias e novas tendências. Começamos a trabalhar com base em um eixo a fim de desenvolver as capacidades do aluno. Ele aprender fazendo. É muito mais o ensinar pelo saber fazer. É um novo professor para um novo tempo".

Vinicius de Moraes
Coordenador de Fisioterapia FTC Conquista

 



Rede FTC Todos os direitos reservados
.